Main Area
imagem-topo

Programação e Faseamento do Investimento


No início da sua atividade, em março de 2007, a Parque Escolar tinha como objetivos a concretização da intervenção em 332 Escolas até 2015.
No âmbito da Iniciativa para o Investimento e Emprego foram, entre dezembro de 2008 e fevereiro de 2009, definidos novos objetivos para a concretização do Programa de Modernização do Parque Escolar Destinado ao Ensino Secundário, designadamente:

  • Antecipação do arranque das obras das 75 Escolas abrangidas pela Fase 2, através da publicação de Regime Excecional de Contratação, que para o caso da Parque Escolar tinha particular incidência na redução dos prazos previstos nas diversas etapas do concurso limitado com prévia qualificação;
  • Lançamento da terceira fase do Programa, com a seleção de 100 Escolas, início do trabalho com as Escolas na definição de objetivos da intervenção e projeto, garantindo o lançamento de concursos para obra a partir do primeiro semestre de 2010.

Desta forma, os objetivos do Programa de Modernização apontavam para a concretização de intervenções em 332 Escolas até ao final do ano letivo de 2014-2015.


No início do segundo semestre de 2011, a  Parque Escolar, EPE, iniciou a reavaliação do Programa de Modernização das Escolas com Ensino Secundário com o objetivo de adaptar o programa de investimentos da empresa à conjuntura internacional e a alteração das condições económico-financeiras dela decorrente.
Neste contexto, a empresa apresentou às Tutelas um plano de readaptação e redução de custos, em termos de investimentos e de operação. Em setembro, foi suspenso o início de obra em 34 escolas inseridas na 3ª Fase do Programa e suspensos os procedimentos iniciais da 4ª Fase.

 

 

Investimento Anual

 
INVESTIMENTO 2007

2008

2009 2010 Total
Fase 0 5.484 48.098

14.109

1.857

69.547

Fase 1

1.097

26.447

212.167

60.247

299.958

Fase 2  

1.499

161.259

706.281

869.039

Fase 3    

190

53.617

53.807

Outros *      

6.381

6.381

Total

6.581

76.044

387.725

828.383

1.298.733

 

* A 31.12.2010 em armazém o montante de 6.381 mil euros relativo a mobiliário e equipamento

Nota: O valor de receção e conferência de 2009 (4.055 mil euros) encontra-se totalmente integrado em 2010